logo

A diretora de Matrix, Lilly Wachowski REVELA que o filme era originalmente uma história trans: o mundo não estava pronto

A diretora de Matrix, Lilly Wachowski, finalmente confirmou que Matrix deveria ser uma história trans. Em entrevista virtual esta semana ao Netflix Film Club, o cineasta, que dirigiu a série de sucesso com a irmã Lana, confirmou as especulações sobre o verdadeiro significado dos filmes. Ela disse: Estou feliz por saber que essa era a intenção original, ela compartilhou. Mas o mundo não estava pronto para isso - o mundo corporativo não estava pronto para isso.

Lilly acrescenta: Fico feliz que as pessoas estejam falando sobre os filmes Matrix com uma narrativa trans; Eu amo o quão significativos esses filmes são para as pessoas trans e a maneira como eles vêm até mim e dizem 'esses filmes salvaram minha vida'. Sou grato por poder jogá-los uma corda para ajudá-los em sua jornada

Veja a entrevista completa abaixo:

Lilly acrescentou que o material de Matrix era tudo sobre o desejo de transformação - mas tudo vinha de um ponto de vista fechado e até revelou que o personagem de Switch foi originalmente criado para ser masculino no mundo real, mas feminino por dentro o Matrix. Isso é onde nossos headspaces estavam, ela concluiu.

LEIA TAMBÉM: Keanu Reeves provoca o retorno de Matrix 4; Diz que tem um 'enredo maravilhoso'